Entrevista e orientação: cartão de visita do Núcleo


Afim de conhecermos, com mais profundidade, o trabalho de Entrevista e Orientação Espiritual, que ocorre todas as 3.as feiras, a partir das 19h, estivemos conversando com o coordenador do trabalho, Sr. Oscar, que nos forneceu as seguintes explicações:

"Este trabalho é uma cópia que trouxemos da Federação Espírita do Estado de São Paulo, onde há 20 anos, mais ou menos, vimos dirigindo o colégio de médiuns. No começo, as consultas eram tiradas na própria Federação mas, com o decorrer do tempo, resolvemos formar o nosso próprio colégio, que até hoje funciona satisfatoriamente.

Para que tudo ocorra em clima de harmonia, é preciso que haja um recepcionista, os médiuns que vão responder pelas consultas e um grupo de entrevistadores com conhecimento de nossa doutrina. Todos esses elementos que formam este quadro de tarefeiros, são pessoas que frequentaram diversos cursos em nosso Núcleo e que se acham devidamente preparados para exercerem com segurança a função que lhes cabe.

A função do recepcionista é de cabal importância, pois deve ser alguém que seja cortês, agradável na conversação e nas maneiras para com o visitante que procura nossa Casa. Deve, também, encaminhá-lo para o entrevistador, que, por sua vez, anota numa ficha os dados pessoais do interessado e os motivos que o levaram a procurar nosso atendimento. Em seguida, esta ficha é levada ao colégio de médiuns onde, através dos mentores espirituais, obtém-se o resultado que é anotado nessa mesma ficha e encaminhada de volta ao entrevistador, juntamente com o interessado, para que se proceda a devida orientação. Termina-se o trabalho com a entrega de um cartão onde estão anotados seus dados pessoais e o resultado da consulta em código. Este cartão vai lhe dar o direito de frequentar a casa pelo menos duas vezes por semana em dias e horários estabelecidos de acordo com o resultado obtido.

Após alguns meses de tratamento espiritual, que se processam através de palestras educativas e passes especiais (que não dispensam acompanhamento médico, quando necessário), o assistido é convidado a participar dos cursos que a Casa oferece, no sentido de lhe dar conscientização e valorização da vida, capacitando-o à vivência do Evangelho de Jesus e, consequentemente, à reforma íntima.

Este trabalho é o cartão de visita do Núcleo e, por assim dizer, o Portal de Luz onde os que aqui adentram tem a possibilidade de se iniciarem na sua reforma interior."

Autoria: 
Marisa S. Oliveira e Cláudia Q. Olivé